Jornada pelo novo e diferente

Tá ai umas das muitas invenções que surgem, não deixam de ser interessantes, mas que com certeza nunca vão vingar.


Como sempre que entro no youtube, é impossível não resistir às sugestões que me aparecem à direita, ainda mais com thumbnails tão convidativos quanto esses. À um curioso como eu, isso cai como uma isca certa para me fisgar em um interminável stream de videos e mais videos, mas com esse blog, tento dar significado à esse tempo “perdido” e tento trazer minhas opiniões e gerar conteúdo a partir do conteúdo, antes apenas diluído em horas irrecuperáveis.



Esse instrumento, ao contrário da maioria das invenções, parece que conseguiu encontrar mercado em um nicho de uma subcultura muito específica. Talvez por apresentar um som tão diferente e enigmático, ele parece despertar um interesse espiritual em seus tocadores e ouvintes, por isso ele encontra como casa, o território alternativo, espiritual e andarilho.

Para além disso, temos a clara influência da cultura indígena australiana, juntamente com o que só uma jovem alma pode criar, como toda sua excitação juvenil, a mente agitada une vários instrumentos e produz sons únicos, que nos levam do indígena ao eletrônico.


Termino minha jornada em meios a virtuose musical humana pousando em um lugar confortável, onde o clássico e formal dão espaço à expressão, que não é nem pior nem melhor que nos exemplos anteriores, mas por seu carácter clássico e familiar, nos dão uma maior sensação de conforto e conformidade.

Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.